sexta-feira, 12 de junho de 2009

Portais búdicos

Monja Coen fará o prefácio.

Nos preceitos búdicos o portal de um Mosteiro Zen não tem chave. Você pode entrar e sair quando quizer.

Conheço Kogen há muitos anos desde quando fui, junto com o jornalista Ademir Assunção, fazer fotos para uma reportagem da Revista Marie Claire no Mosteiro Zen Budista Morro da Vargem -1993, Em Ibiraçú, no Espirito Santo http://www.mosteirozen.com.br/. Desde então ficamos amigos. Voltei fazendo fotos para o livro comemorativo dos 25 anos do mosteiro. Depois batizei o meu filho Manuel e desenvolvi o workshop Fotografia e o Zen.

Nesta última terça-feira encontrei com o Monge no Metrô Vila Madalea, pegamos uma chuva fina e fomos encontrar a Monja Coen http://www.monjacoen.com.br/ para entrega dos originais de seu livro Portais Búdicos. Alí Kogen escreve sua tragetória pessoal e búdica. A Monja Coen fará o prefácio.

Monje Kogen e Monja Coen



Em algumas visitas que fez à minha casa, em Camburi, Kogen escreveu alguns trechos. Conversávamos sobre o livro, a vida, as mulheres, o trabalho, Jung, Carlos Castanheda... e da importância de se ter um mestre. No início de 2008 me ligou pedindo para fazer a foto da capa do seu livro. Fui, com o Manuel, encontrá-lo em um pequeno mosteiro nas proximidades do Pico das Agulhas Negras.


Na madrugada do dia seguinte subimos até o cume e lá fizemos o ensaio, nos primeiros raios do sol.



Pico das Agulhas Negras

Nos proximos meses o livro vai ficar pronto e disponível para os interessados nos Portais Búdicos.

2 comentários:

Download da Periquita disse...

Me interessa muito. Aguardarei. Obrigada.

Ceci disse...

Muito bom esta forma de introduzir o leitor, duas pessoas com afinidades e conhecimento do mesmo tema. Obrigada por esse instante.