sexta-feira, 1 de maio de 2009

Os carrinhos do Cley


Quinta de tarde.
No Cebo da Vila procurando o autodacompadecida.
Achei.

O livreiro entre as colunas de livros
Lap top sobre as pernas
Quem sabe o preço é ele
O troco num saco plástico


Conversas sobre o Zen, Guimarães Rosa e
O beco da farinha podre. Agua Suja.


De noite o da lata zoou
Fui com o Cley fazer cerâmica.
Os carrinhos foram pro forno
Fiz uma gamela.


Cerveja na Cabrita
Noite de Lua Nova

Um comentário:

nana disse...

No fim das contas, nós dois conversamos com Rosa
Quero ver as árvores!
Abração, grande Juva